Money Monster

Este filme realizado por Jodie Foster com duas grandes estrelas – Clooney e Julia Roberts, aponta o dedo ao sensacionalismo da Tv e à falta de ética de um certo jornalismo espetáculo e do meio empresarial da alta finança.

Tendo como ponto de partida um homem comum, que segue os conselhos de um suposto especialista financeiro e investe todo o dinheiro de uma herança, o filme atira também contra a falta de informação e os desafios de uma vida economicamente cada vez mais difícil de uma certa classe média .

Com muita ação e um ritmo imparável, o filme entretém transmite uma mensagem importante nos dias de hoje – a decência do meio empresarial.

 

Advertisement

25 ANOS DO “SILÊNCIO DOS INOCENTES”

O meia dose diz que gostava de encontrar um filme que retratasse da melhor maneira o mal. Disparei logo com “O Silêncio dos Inocentes”, filme de Jonathan Demme com o casal mais improvável – Jodie Foster como a frágil agente do FBI e Anthony Hopkins o psicopata canibal que vai dar as pistas para encontrar um psicopata apelidado de Buffalo Bill.

Há 25 anos estreava um filme que tive a oportunidade de ver em Londres, no ecrã gigantesco do Odeon Leicester Square ocupando um dos 1683 lugares. Medo e adrenalina no máximo foi o que senti ao ver como era retratado da melhor forma este contraste entre a frágil agente e o perverso e sedutor psicopata que tomava o filme de assalto surgindo apenas durante 25 minutos.

O resto já é histórico: um dos maiores sucessos de bilheteira de um filme de terror e o último filme a conseguir vencer nas 4 categorias mais apetecidas: melhor ator, atriz, realizador e filme anunciado por Paul Newman e Elizabeth Taylor.

Um clássico.

 

 

CARNAGE – O DEUS DA CARNIFICINA 

O meia dose não é grande fã de filmes de natureza teatral: que decorram em sítios fechados, com poucos atores e ação circular. ” Regra geral são cansativos, para teatro já me basta o que vejo no quiosque.” Confidenciou me ele , esclarecendo que, apesar disto, o filme ” O Deus da Carnificina” de Polanski, até o encantou.

O elenco é de primeira: Christoph Waltz e Kate Winslet são o casal classe alta, discretos, elegantes e com os seus conflitos e tensões recalcados. Jodie Foster e John Reilly são o casal classe média, com o ” coração na boca” e necessidade de verbalizar e discutir tudo o que acontece em seu redor.

Os dois casais são pais de dois filhos adolescentes que andaram à luta, e a partir daqui é uma delícia assistir aos recalcamentos e explosões emocionais entre as quatro personagens.

transferir